Cuidados antes e depois da cirurgia de catarataA catarata é uma doença em que ocorre a opacificação do cristalino, que afeta a chegada da luz na retina comprometendo o processo de percepção das imagens. É um tipo de cegueira reversível e o tratamento mais eficaz é o cirúrgico.

A indicação de cirurgia de catarata é feita quando a incapacidade visual interfere nas atividades diárias e quando também já foram descartadas outras enfermidades que causam baixa de visão (glaucoma, retinopatia diabética, etc).

Na cirurgia ocorre o processo de facoemulsificação em que o cristalino é emulsificado e permite a colocação de uma lente intra-ocular dobrável com menor agressão às estruturas oculares. Assim como qualquer procedimento esta cirurgia não está isenta de complicações.

As complicações da cirurgia de catarata podem ser dor e vermelhidão nos olhos e inchaço nas pálpebras que pode caracterizar uma doença chamada endoftalmite. Também pode aparecer edema de córnea deixando a visão turva e em casos mais graves o deslocamento da retina. Nos casos de dor forte é aconselhável buscar socorro médico imediato.

Para garantir uma recuperação sem problemas, é necessário seguir as orientações médicas e algumas regras essenciais.

Veja, a seguir, 4 cuidados para evitar as complicações no pós-operatório da cirurgia de catarata.

Não praticar atividades físicas ou fazer grandes esforços

A prática de atividades físicas ou a realização de tarefas que exigem muito esforço devem ser adiadas até a liberação pelo médico.

Essas atividades aumentam o fluxo sanguíneo, que pode alterar a pressão intraocular e causar desconfortos ao paciente.

Não utilizar maquiagem na região dos olhos

Após a cirurgia de catarata não é recomendável a aplicação de maquiagem na região dos olhos. Os cosméticos podem conter substâncias irritativas para os olhos e acabar prejudicando a recuperação.

Também não é recomendável que o paciente esfregue os olhos e evite locais com muita iluminação ou calor intenso.

Use corretamente o colírio que foi prescrito pelo médico

Primeiramente, não se deve utilizar outro colírio a não ser aquele prescrito pelo médico. Observe atentamente a prescrição médica ou peça ao seu acompanhante para verificar o nome do medicamento, a posologia e a duração do tratamento.

LEIA TAMBÉM:  Como funciona a capsulotomia posterior com YAG-laser?

Lave as mãos adequadamente antes da aplicação. Recline a cabeça para trás, faça isso de preferência assentado para ficar mais confortável. Aplique a quantidade de gotas recomendada na prescrição e aguarde pelo menos 30 segundos com o olho fechado para repetir a operação no outro olho.

Procure seu oftalmologista sempre que necessário

Os resultados da cirurgia serão proporcionais aos cuidados no pós-operatório. Por isso é importante que o paciente siga as orientações clínicas repassadas pelo oftalmologista. Caso ocorra alguma alteração intensa deve-se buscar imediatamente o serviço médico.

A percepção da visão se aprimora aos poucos e em alguns casos ela se tornará perfeita após um ano de cirurgia. Por isso, o paciente precisa ter paciência e intensificar os cuidados nos primeiros dias para garantir a recuperação total da visão.

As complicações da cirurgia de catarata podem prejudicar o bem estar do paciente. As orientações demonstradas no texto são básicas, mas cruciais para a evolução bem sucedida da cirurgia.

Estas informações te ajudaram? Comente conosco sua experiência.

Que tal também conferir os nossos artigos relacionados:

E não deixe de visitar o seu oftalmologista de confiança regularmente!

Ricardo Filippo
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.