Isso porque, muitas vezes, elas podem apresentar algumas alterações, mas não saberem ao certo como se expressar ou mesmo sequer desconfiar de que estão com uma visão anormal. Além disso, sem saber ao certo o que pode prejudicá-las, crianças levam as mãos aos olhos indiscriminadamente, podendo se machucar de maneira involuntária.

Preocupado? Então acalme-se: no texto de hoje compartilharemos 4 dicas para garantir a saúde dos olhos de seus pequenos. Veja só:

Visitas das crianças regulares ao oftalmologista

Todas as pessoas precisam visitar o olho criança saudaveloftalmologista regularmente, mas no caso das crianças, isso é ainda mais importante, pois notar que há um problema na visão dos pequenos sem a ajuda de um médico não é fácil — como já explicamos, muitas vezes elas mesmas não sabem que há algo de errado.

Além disso, muitos dos males que afetam os olhos, quando tratados desde cedo, podem se abrandar ou até chegar à cura total, o que só reforça a importância de ter consultas periódicas, sempre com um profissional de confiança.

Atenção às dificuldades na leitura ou dores de cabeça

Problemas como miopia, hipermetropia ou astigmatismo podem surgir desde a infância, por isso é preciso ficar atento aos sinais que as crianças podem estar mostrando.

Os primeiros sintomas que essas condições podem apresentar nos pequenos são dores de cabeça ou dificuldades na leitura, por isso, se seu filho se queixa constantemente desse tipo de incômodo, tem muita sensibilidade à luz, coça os olhos com frequência e não consegue enxergar bem o quadro negro, são fortes as chances de ele ter algum problema de vista, e isso merece ser investigado.

Até mesmo pequenos indícios, como acompanhar a leitura com o dedo, podem ser um indicativo de que os pais devem consultar o oftalmologista.

Escolha corretamente os óculos

Como elas são muito ativas, lentes de policarbonato ou trivex são as mais indicadas, por serem mais resistentes. Assim, o problema na visão não se torna um empecilho para as brincadeiras e jogos. Também é preciso ensiná-los a limpar as lentes: com água, sabão, um pano limpo e muito cuidado para não arranhar.

LEIA TAMBÉM:  O que é o teste do olhinho?

Estimule uma distância adequada da televisão e de monitores

Já vimos, em outro artigo, que assistir à televisão muito de perto ou ficar horas em frente ao monitor não vai fazer com que ninguém desenvolva miopia ou aumente seu grau da doença. No entanto, isso pode fazer mal em outros aspectos, pois irrita a vista, pode deixar os olhos ressecados e, consequentemente, mais propícios para o surgimento de outros problemas.

O ideal é manter uma distância boa e que não faça com que a luminosidade incida com muita força sobre o globo ocular.

Cuidar dos olhos dos seus filhos depende de você, por isso, atente-se aos cuidados apresentados neste post e, se necessário, não hesite em comentar compartilhando suas dúvidas ou marcar uma consulta conosco!

E que tal ler um pouco mais sobre as crianças em nossos artigos relacionados:

E não deixe de visitar o seu oftalmologista de confiança regularmente!

Posts Relacionados

Ricardo Filippo
Oftalmologista
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.