sinais de que é hora de visitar um oftalmologista“É melhor prevenir do que remediar.” Esse ditado popular serve como referência para você agendar visitas ao oftalmologista. Afinal de contas, é melhor consultar um médico regularmente para checar a saúde dos seus olhos do que esperar o surgimento de um problema — que muitas vezes pode deixar sequelas ou ser irreversível. Quer saber qual é o momento de visitar um oftalmologista? Então leia esta postagem e descubra 6 sinais:

Nunca ter consultado um oftalmologista

Se você nunca foi a um oftalmologista, significa que é hora de marcar uma consulta — mesmo que você nunca tenha tido qualquer problema de visão. A primeira consulta de toda pessoa deve ser ainda quando recém-nascida, para detectar malformações congênitas. Eis a importância do teste do olhinho. Depois disso, é importante voltar ao médico ainda quando criança, antes de começar a fase escolar. Já nessa época é possível identificar a ambliopia (ou “olho preguiçoso”) e erros como a miopia, o astigmatismo e a hipermetropia.

Sofrer com irritação nos olhos e lacrimejamento

olho irritado

Esses sinais caracterizam a síndrome da visão de computador, podendo ser acompanhados ainda por olhos secos, sensibilidade à luz e sensação de olhos cansados. Apenas 2 horas na frente da tela já são suficientes para gerar esses sintomas. Então, se você sabe que não conseguirá reduzir a exposição para menos do que isso, procure um oftalmologista para descobrir o que você fazer para aliviar os sintomas.

Possuir histórico de diabetes ou hipertensão

Se você tem diabetes ou hipertensão, deve ter as visitas ao oftalmologista como prioridade todos os anos. A diabetes gera um quadro de retinopatia diabética, enquanto a hipertensão causa a retinopatia hipertensiva. Ambos evoluem lentamente e aumentam a chance de outras doenças oftalmológicas — e têm a cegueira como fase final. Por isso é importante fazer o exame do fundo de olho para conferir como anda a saúde da retina.

Ter mais de 50 anos

Se você tem mais de 50 anos, as suas chances de sofrer aumento na pressão do olho e de desenvolver glaucoma ou catarata são maiores. Além disso, é bem provável que você já tenha algum grau de presbiopia — ou vista cansada — e precisará de bons óculos de leitura.

LEIA TAMBÉM:  Ultrassonografia nos olhos: por que fazer?
cirurgia de catarata

Perceber alterações na visão

Se surgiram manchas claras, regiões escurecidas ou imagens duplas na sua visão, é fundamental que você visite o oftalmologista o mais rápido possível! Glaucoma, descolamento de retina,degeneração da mácula e até mesmo acidentes vasculares encefálicos (os conhecidos derrames) podem explicar esses sintomas. Se você adiar a procura por um médico, pode perder a visão. E os derrames são ainda mais graves, podendo deixar sequelas motoras ou serem fatais!

Notar baixa na acuidade

Se você anda com dificuldade para ler, reconhecer rostos ou entender placas de trânsito, você pode apresentar algum erro de refração. Se a visão está ruim para coisas distantes, trata-se de miopia; se o problema surge na leitura de perto, hipermetropia; se a visão não está boa nem de perto nem de longe, astigmatismo.

Mas outras doenças também podem reduzir a acuidade da visão, como o ceratocone — um afinamento da córnea — e o pterígio — um crescimento anormal de uma membrana no cantinho do olho. Só o oftalmologista é capacitado para realizar o diagnóstico correto e indicar o melhor tratamento para o seu caso.

Agora você está convencido da importância das visitas ao oftalmologista? Veja mais 4 razões para marcar sua consulta ainda hoje! E qual é a sua opinião sobre o assunto? Conte para nós nos comentários!

 

Ricardo Filippo
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.