problemas oculares em criançasIdentificar sintomas de problemas visuais em crianças não é uma tarefa fácil, pois muitos deles não são específicos de doenças oculares. O diagnóstico e a intervenção precoce podem garantir maior eficiência no tratamento. A Sociedade Brasileira de Oftalmologia recomenda que a primeira consulta ocorra até os três anos de idade ou mais cedo, caso tenha histórico familiar de problemas de visão.

Pensando nisso, selecionamos alguns sintomas que servem de alerta para contatar o oftalmologista pediátrico o quanto antes e garantir conforto para seu filho. Acompanhe aqui!

Dor de cabeça na região frontal

Ao final do dia é comum as crianças relatarem dores de cabeça na região frontal. Isso acontece depois de longos períodos de leitura ou permanência demasiada em frente à televisão.

Algumas crianças também reclamam de dor ao redor dos olhos (dor retro-orbital), relacionada provavelmente à dificuldade em focalizar um objeto de perto ou de longe. Esses sintomas podem indicar hipermetropia ou estrabismo e, se ocorrerem acompanhados de visão dupla ou borrada, é melhor buscar ajuda especializada.

Olhos avermelhados

Os olhos ficam avermelhados devido à dilatação dos vasos sanguíneos, e essa condição pode estar associada à presença de infecções ou, acompanhada de outros sintomas, ser indício de problemas de visão.

Quando a criança relata dores de cabeça na região frontal e os olhos estão avermelhados, é provável que o diagnóstico seja uma alteração ocular. Porém, se apresentar coceira e secreção no canto dos olhos, é mais provável que seja infecção.

Fazer esforço com os olhos

A criança tende a apertar os olhos diante de um estímulo visual recebido. Ao se deparar com luz forte, ficar muito perto da televisão ou se acomodar de forma errada para estudar, ela apresentará esses sintomas.

LEIA TAMBÉM:  O que é estrabismo?

É comum o sintoma vir associado a lacrimejamento e, nesse caso, deve-se verificar se a criança não está com os olhos secos. Se você resolver os problemas acima e a queixa continuar, é recomendável agendar uma consulta com o oftalmopediatra.

Sensibilidade à luz

A fotofobia acontece quando a criança sente incômodo nos olhos ao ficar em lugares muito iluminados. Ela pode fechar um dos olhos, querer sair do ambiente e depois de algum tempo queixar-se de dor de cabeça.

Vale lembrar que a fotofobia é uma reação automática do organismo, que a identifica como estímulo nocivo. Normalmente todos nós apresentamos esse sintoma, todavia, em crianças essa queixa vem acompanhada de outros sintomas já relatados.

Os sintomas mencionados acima podem ocorrer em bebês ou crianças de até 7 anos, e a diferença estará na possibilidade de relatar os mesmos. Além de observar os sintomas é preciso analisar o ambiente e relacionar com outras manifestações clínicas para encaminhar ao médico adequado.

Identificar problemas na visão das crianças é uma tarefa difícil, mas não impossível. Os sintomas são muito genéricos e somente uma consulta especializada poderá estabelecer um diagnóstico certo. Por isso, não deixe de levar seu filho ao oftalmopediatra caso pressinta algo errado.

Agora que você já entendeu os principais sintomas dos problemas de visão na infância, que tal conhecer outros temas relacionados à oftalmologia? Assine nossa newsletter e acompanhe todas as novidades.

E não esqueça de visitar o seu oftalmologista de confiança regularmente