Os óculos têm o papel de corrigir problemas de visão relacionados a erros de refração e, no caso dos de sol, proteger os olhos das radiações ultravioletas (UVA e UVB), que podem ser muito nocivas à saúde. Mas como esses acessórios passaram a fazer parte do cotidiano de muitas pessoas como um acréscimo ao look, a disseminação de óculos falsos tomou conta, com muitas pessoas acabando por abrir mão dos originais, realmente de qualidade, para adquirir lentes falsificadas. O que muitos desses consumidores não sabem é que os óculos falsificados, em vez de proteger os olhos, podem causar ainda mais prejuízos à visão. Para não cair mais nessa armadilha, confira no post de hoje quais são os verdadeiros perigos dos óculos falsos e qual é a melhor maneira de escolher lentes de qualidade. Acompanhe:

Quais são os riscos do uso de óculos falsos?

O uso de óculos falsificados expõe a saúde dos olhos a diversos riscos. No caso dos óculos de sol, além de não protegerem os olhos contra os raios ultravioletas, essas lentes ainda fazem com que as pupilas fiquem dilatadas, como acontece em ambientes escuros. E a soma desses dois fatores torna propício o aparecimento de algumas doenças oculares. Tudo isso porque, com as pupilas dilatadas, os raios solares entram em maior número e com mais facilidade nos olhos, tornando maior o risco de queimaduras de retina — camada sensível à luz localizada no fundo dos olhos —, criando-se condições ideais para o desenvolvimento de pterígio, além de o risco da catarata aumentar.

Óculos de grau falsos, por sua vez, podem conter lentes igualmente irregulares, com variações de graus por sua extensão. Dessa forma, em vez de corrigir os erros de refração, essas lentes fazem com que seja necessário forçar a visão justamente para compensar essas desigualdades, o que pode causar alterações visuais, dores de cabeça e náusea.

LEIA TAMBÉM:  Retinose pigmentar: o que você precisa saber dessa doença?

Então como escolher óculos de qualidade?

exame oftalmologicoAs lentes de óculos de boa qualidade devem ter certificado de garantia de proteção contra raios UVA e UVB, além de bloqueio das radiações gama, que normalmente é adquirido junto aos óculos em lojas confiáveis. Além disso, elas também devem ter o formato e a refração adequados, de maneira a não causar alterações na visão nem prejudicar a saúde dos olhos.

O primeiro passo para adquirir um par de óculos de boa qualidade é consultar um oftalmologista. O especialista, antes de tudo, vai identificar se há a necessidade da correção da visão por meio de óculos e o grau ideal das lentes, para então indicar as lentes mais adequadas. Quando for comprar seus óculos, procure sempre lojas de confiança e com referências. Na hora da compra, não se esqueça também de exigir o certificado de proteção, pois ele é sua garantia da qualidade do acessório.

Óculos são uma boa forma de garantir sua saúde ocular e devem ser utilizados, mas sempre com lentes adequadas e de qualidade, viu? Caso contrário, o resultado pode ser o oposto do esperado! Melhor não se arriscar!

Agora que você conhece os perigos de usar óculos falsificados, coloque nossas dicas em prática e procure sempre adquirir óculos de qualidade! Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário e continue acompanhando nosso blog!

E não esqueça de consultar regularmente o seu oftalmologista de confiança !

Posts Relacionados

Ricardo Filippo
Oftalmologista
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.