A man wearing glasses to improve vision. On a white background.A miopia é um dos diagnósticos mais comuns dos consultórios oftalmológicos de todo o país. Ela é um distúrbio visual que afeta a focalização da imagem formada pelo olho antes de chegar na retina, causando uma dificuldade no indivíduo de enxergar objetos e letras de longe, mas valorizando bastante a visualização de objetos próximos, que são enxergados com nitidez.

A miopia atinge várias idades e ambos os sexos, apresentando um importante componente genético na sua manifestação, e existe uma teoria que afirma que esse quadro visual costuma se agravar com o passar dos anos, o que indicaria que, quanto mais velho o indivíduo fica, pior é seu grau de miopia. Mas será que essa informação é realmente verdadeira? Vamos falar um pouco sobre esse assunto no texto de hoje. Confira!

Existe piora da miopia com o passar dos anos?

A miopia tem uma tendência de aumento importante entre a infância e o início da vida adulta, já que, com o desenvolvimento da estrutura ocular, é provável que a dificuldade de focalização da imagem na retina também aumente, agravando o grau dessa alteração.

Porém, diferentemente de outras doenças como a hipermetropia e o astigmatismo, a miopia costuma alcançar uma fase de estabilidade, próxima ao início da terceira idade, quando o grau tende a não aumentar mais.

Como é realizado o tratamento da miopia?

O tratamento da miopia é o mesmo independentemente do avanço da doença ou da idade. A falha de focalização dos olhos pode ser corrigida através do uso de lentes divergentes (em óculos de grau ou lentes de contato), que ajudam a posicionar o foco atrás da retina, ou então através de cirurgias que corrigem a falha.

trans-prk na correção da miopia, astigmatismo e hipermetropiaA cirurgia também é uma alternativa de tratamento, e é indicada para todos os tipos de pacientes que têm algum grau de miopia, não sendo necessário ser dependente de lentes corretoras. Basta que o indivíduo seja aprovado nos exames pré-operatórios pedidos pelo profissional que irá realizar a cirurgia para estar apto à correção.

Vale lembrar ainda que a miopia não é agravada com o uso dessas lentes, tampouco é curada através desses objetos: os óculos são apenas a correção para um defeito, e o ajuste regular no avanço dos graus é somente uma consequência natural dessa alteração.

Qual é a relação entre a miopia e a vista cansada?

Saiba os principais mitos sobre lentes de contatoExiste uma interessante teoria sobre a melhora da qualidade de vida dos míopes a partir de certa idade. Por volta dos 40 anos de idade, a grande maioria dos indivíduos apresentam um sintoma oftalmológico chamado de presbiopia, a famosa “vista cansada”.

A presbiopia dificulta a visualização de imagens muito pequenas ou muito detalhadas, e é comumente detectada na dificuldade de realizar leituras muito próximas. Enquanto a maioria dessas pessoas vai ter que se adaptar ao uso dos óculos para ler, o míope, por sua vez, vai apresentar uma enorme vantagem: ele vai ter a opção de tirar os óculos para realizar a leitura.

O que acontece é uma compensação natural da idade que, com o efeito da miopia, corrige algumas falhas causadas pela presbiopia, permitindo que as pessoas míopes não sofram tanto com esses sintomas.

A miopia é uma doença oftalmológica como outra qualquer, que tem avanços naturais com a idade e especialmente relacionados com uma tendência genética.

Se você é míope mas não tem parentes que precisaram de cirurgia para corrigir grandes graus dessa doença, não é preciso se preocupar muito, já que, provavelmente, seu grau sempre será baixo. Em contratempo, se você tem históricos familiares de problemas com miopia, é bastante provável que você sofra com alguma consequência genética. Felizmente, o tratamento da miopia é simples e a cirurgia tem baixíssimo risco para sua saúde e grande percentual de sucesso!

Você sofre com a miopia? Tem observado uma piora do seu quadro oftalmológico com o passar dos anos? Conte para a gente nos comentários!

E não se esqueça de visitar o seu oftalmologista de confiança periodicamente !

Posts Relacionados

Ricardo Filippo
Oftalmologista
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.