O que é estrabismo?

A saúde da visão e dos olhos deve ser motivo de atenção e preocupação para qualquer paciente. Da mesma maneira que cuidamos do nosso coração, do corpo e de outros órgãos que julgamos importantes para uma vida saudável, devemos também ficar a atentos a sinais clínicos que podem estar afetando a qualidade da nossa visão.

No artigo de hoje, vamos falar sobre uma dessas doenças que afeta a qualidade da nossa visão e que não deve ter seu tratamento ignorado: o estrabismo.

O que é o estrabismo?

O estrabismo é um quadro clínico oftalmológico caracterizado por um problema nos músculos oculares. A musculatura da região tem dificuldade de manter os olhos em suas posições naturais, resultando em uma visão desviada, também conhecida em termos populares como “vesga”.

Veja agora mesmo um vídeo explicativo sobre o que é estrabismo:

O que causa esses desvios?

  • Doenças como a paralisia cerebral, tumores cranianos e a Síndrome de Down;
  • traumas na região craniana (causado por acidentes de trânsito ou quedas);
  • e alterações congênitas da transmissão de impulsos nervosos para a região ocular.

Apesar de apresentar riscos aumentados de desenvolvimento com a presença de alguma das condições clínicas citadas acima, a manifestação mais comum do estrabismo é aquela que é transmitida por fatores genéticos, fazendo com que o indivíduo já nasça com esse problema.

Quais são os sintomas?

Os sintomas do estrabismo são fáceis de serem diagnosticados, afinal, basta observar o posicionamento do olhar do paciente.

Apesar de, nos primeiros anos de manifestação, o estrabismo não alterar a qualidade da visão do paciente, se a condição não for tratada ou controlada por um oftalmologista, é possível observar a diplopia — quadro conhecido como visão dupla — em doenças avançadas.

Confira agora mesmo o vídeo do youtuber PC Siqueira que foi submetido a uma cirurgia de estrabismo:

Como tratar o estrabismo?

exame oftalmologico detectando estrabismo

O tratamento do estrabismo só pode ser realizado com a ajuda de um oftalmologista especialista no acompanhamento desses quadros clínicos. Quanto mais cedo for realizado o diagnóstico e iniciado o tratamento, maiores serão as chances de sucesso na melhora dos sintomas.

É importante ficar atento às queixas de crianças com relação aos sintomas desse quadro clínico e aos desvios oculares perceptíveis, para poder agir rapidamente no tratamento.

O tratamento do estrabismo é realizado com o uso de oclusões de um dos olhos, lentes corretivas e exercícios que fortalecem a tonificação dos músculos da região. Em casos mais graves, a cirurgia pode ser uma opção para corrigir os desvios oculares que não responderam bem ao tratamento clínico.

Por que a visita ao oftalmologista é importante?

O oftalmologista é o único profissional médico capaz de diagnosticar e intervir corretamente no avanço dos sintomas de estrabismo. Apesar de muitos pacientes acreditarem que o estrabismo se cura com o tempo (especialmente em crianças em fase de crescimento), é importante evitar negligenciar o tratamento desse distúrbio ocular para que as consequências não sejam mais graves no futuro.

E que tal ler um pouco mais sobre as crianças em nossos artigos relacionados:

Você conhecia os sintomas do estrabismo? Já visitou o seu oftalmologista para identificar e tratar esses desvios oculares? Deixe seu comentário!

Isabel Garcia
Especialista em Estrabismo e Oftalmolpediatria
Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.
Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.