Olhos-vermelhos-na piscina-o-cloro-e-o-vilaoVocê acredita que a causa dos olhos vermelhos após um longo dia de piscina é o cloro? Então você precisa rever seus conceitos! Apesar de ser a crença da maioria das pessoas, essa substância química, utilizada para neutralizar as bactérias e micro-organismos que podem causar doenças, não é responsável diretamente pela vermelhidão dos olhos.

Se você deseja saber o real motivo dos olhos vermelhos, continue a ler este artigo e se surpreenda!

Qual substância é responsável pelos olhos vermelhos?

Como já dissemos, a culpa não é exclusivamente do cloro. A vermelhidão dos olhos está associada à quantidade de urina presente na água. É isso mesmo! O xixi também é a causa dos olhos vermelhos.

Quando a urina entra em contato com o cloro presente na água, eles reagem com e criam um composto químico que causa a irritação nos olhos e os deixa vermelhos. O xixi nas piscinas reduz o efeito do cloro, ou seja, uma maior quantidade do produto deve ser diluída para que seja eficiente contra os micro-organismos e bactérias. Além disso, outros produtos podem reagir com o cloro além do xixi, como sujeira e suor, e alterar a sua composição.

Daí a importância em se ter consciência ao utilizar piscinas, em especial as coletivas. Quanto maior a quantidade de xixi presente, maior será a vermelhidão e ardência dos olhos. Ou seja, os olhos vermelhos são os melhores indicadores da quantidade de urina presente nas piscinas.

Como posso proteger meus olhos ao usar a piscina?

Como não podemos controlar a quantidade de pessoas que utilizam a piscina e nela fazem xixi, podemos tomar algumas atitudes que ajudam a proteger os olhos e evitar que eles fiquem mais irritados e vermelhos:

piscina criança olho vermelho
  • Utilizar óculos de natação, assim você evitará que seus olhos tenham contato direto com a água da piscina;
  • Não abrir os olhos embaixo da água – a substância resultante da    reação entre o cloro e a urina não penetrará em seus olhos, diminuindo as chances de irritação e vermelhidão;
  • Evite nadar em piscinas coletivas – elas podem apresentar uma grande quantidade de micro-organismos e bactérias devido ao elevado número de pessoas que as frequentam;
  • Evite coçar os olhos com as mãos sujas.
LEIA TAMBÉM:  Não usar óculos aumenta o grau da visão?

Como posso amenizar o desconforto causado pela água da piscina?

Algumas vezes, mesmo que você tome cuidados e se previna, é inevitável que os olhos fiquem vermelhos. O maior problema da vermelhidão é o desconforto causado por ela, pois os olhos ficam ardentes e sensíveis à luz do sol. Saiba como amenizar estes sintomas:

Lavar os olhos com água fria e corrente

Ao perceber o incômodo em seus olhos, saia rapidamente da piscina e lave-os com água corrente, preferencialmente fria. Após nadar, os resíduos de substância ainda permanecem nos seus olhos, intensificando a sensação de desconforto. Ao lavá-los, você eliminará esses produtos e amenizará a irritação. Porém, o alívio não é imediato. Aguarde alguns minutos e se preferir, lave os olhos novamente.

Use soluções salinas ou colírios

saiba o modo correto de pingar os colírios da maneira certaPrimeiramente, é preciso ressaltar que o uso de colírios deve ser usados somente sob prescrição médica. As soluções salinas são parecidas com os colírios, porém possuem uma quantidade menor de substâncias químicas em sua composição. Ambos os produtos servem para restaurar a umidade dos olhos e ajudam no alívio do desconforto causado pela vermelhidão.

Possui mais alguma dúvida sobre o assunto? Então compartilhe com a gente aqui nos comentários!

E não esqueça de visitar o seu oftalmologista de confiança regularmente!

Ricardo Filippo
Oftalmologista
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.