Popularmente conhecida como visão embaçada, a falta de nitidez ocular dificulta o foco em determinados objetos. Especialmente para leitura de letras menores ou que estejam mais distantes ou, ainda, em detalhes mais específicos.

Esta condição pode ser associada a uma série de complicações visuais, tais como a hipermetropia, o astigmatismo e a miopia. Além disso, a visão embaçada pode surgir em episódios de dores de cabeça intensas, conhecidos como enxaqueca.

É importante considerar que a dificuldade de enxergar com nitidez requer investigação médica, pois é, também, um dos sintomas de doenças oculares como glaucoma e catarata. Separamos para você, dicas de como identificar e distinguir alguns dos diferentes tipos de doenças oculares. Acompanhe!

Visão embaçada: o que ela pode indicar?

Catarata

Progressiva, a Catarata é uma doença caracterizada pela opacidade do cristalino do olho, o que causa a visão embaçada. De maneira geral, ela aparece com a idade — após os 65 nos — mas, há, também, a catarata congênita (rara), na qual a criança já nasce com a doença.

Além delas, causas secundárias podem ser causa do problema ocular como o uso crônico de corticoide, a diabetes, doenças metabólicas, inflamação intraocular (uveítes), exposição à radiação ultravioleta ou algum trauma.

Entre os sintomas da Catarata estão a perda parcial ou total da visão, tanto para longe quanto para perto. O tratamento é cirúrgico. Nele o especialista retira o cristalino do olho e o substitui por uma lente intraocular.

Glaucoma

Sem apresentar sintomas nas fases iniciais, o glaucoma é causado pelo aumento recorrente da pressão intraocular. Esse fenômeno destrói as células responsáveis pela condução das imagens da nossa retina até o cérebro, o que pode até mesmo causar a cegueira definitiva.

Sua origem está associada ao aumento do humor aquoso (líquido que preenche  parte da frente do olho), a obstrução do trabéculo ou associada a doenças, como a diabetes. Os sintomas da doença aparecem, em média, quando 50% das células oculares já estão comprometidas. De modo geral, os pacientes se queixam de manchas escuras ou apenas uma mancha (escotomas, do grego scotoma que significa escuridão) no campo visual, que aumentam gradualmente com a evolução do glaucoma, dificultando a visão.

LEIA TAMBÉM:  Entenda o que é o terçol e como tratá-lo

Outros sintomas recorrentes são a dificuldade para se adaptar a ambientes escuros; perda de visão lateral; aparecimento de halos ou arco-íris ao redor das luzes; cefaleias ou dor ocular intensa. Para frear a progressão da doença, que não tem cura, é necessário seguir rigorosamente as indicações médicas. No tratamento estão colírios, visitas frequentes ao oftalmologista e, em alguns casos, cirurgias.

Erros refrativos

Quando se fala em visão embaçada, as doenças mais comuns são as chamadas refrativas, como a miopia, a hipermetropia ou o astigmatismo. Elas se caracterizam pelo deslocamento do foco de luz que deveriam convergir de maneira nítida em nossa retina.

Sendo a miopia, a dificuldade para ver o que está longe e hipermetropia e astigmatismo, a dificuldade para focar o que está perto e longe. O tratamento é feito com o uso de óculos, lentes de contato e até mesmo cirurgias, mais comum, em pacientes com miopia.

O acompanhamento médico é essencial para que o paciente entenda seus sintomas e possa identificar os problemas oculares, ainda no início. É fundamental, também, realizar os exames necessários para fechar o diagnóstico e as opções de tratamento.

E você, esclareceu suas dúvidas sobre a visão embaçada? Entenda, agora, quais são as principais causas de doenças nos olhos, para assim, encontrar os profissionais mais adequados!

E não deixe de visitar o seu oftalmologista de confiança regularmente!

Posts Relacionados

Ricardo Filippo
Oftalmologista
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.