Como funciona a capsulotomia posterior com YAG-laser?

Conhecida popularmente como limpeza da lente intraocular, a capsulotomia posterior com YAG-laser é um procedimento relativamente comum em pacientes que já realizaram a cirurgia de catarata e voltaram a ficar com a visão opaca.

Quer entender mais sobre essa cirurgia? É só conferir o restante do nosso post!

 

O que é a capsulotomia posterior com YAG-laser?

A capsulotomia posterior com YAG-laser é um procedimento cirúrgico oftalmológico no qual é feita uma pequena abertura na cápsula posterior do cristalino, uma estrutura presente dentro do olho.

Para tornar a cirurgia mais segura e eficaz, não são usados bisturis ou outros instrumentos cirúrgicos típicos, mas uma luz do tipo laser Nd:YAG.

Veja agora mesmo nosso vídeo exclusivo sobre esse procedimento:

 

Quem deve realizar esse procedimento?

A capsulotomia posterior com YAG-laser é indicada para pacientes com opacificação da cápsula posterior do cristalino, a lente natural dos olhos. Com essa região opaca, a passagem da luz fica prejudicada e o indivíduo fica com a visão turva.

Normalmente, essa opacificação surge em pacientes que já realizaram a cirurgia de catarata com implante de uma lente intraocular (LIO), sendo considerada uma complicação desse procedimento e conhecida como a “segunda catarata”.
banner pré consulta catarata

 

A opacificação indica que a catarata voltou?

Não. Uma vez feita a cirurgia de catarata, não tem como ela voltar. Embora a visão turva e opaca também seja a principal queixa de quem tem catarata, a opacificação da cápsula posterior é uma complicação da cirurgia, na qual ocorre fibrose ou crescimento epitelial local e nada tem a ver com uma catarata.

 

Todas as pessoas que realizam a cirurgia de catarata precisam da capsulotomia no futuro?

Nem todas. A estimativa é que 30% dos olhos submetidos à cirurgia de catarata sofrem dessa opacificação alguns meses ou anos após o procedimento. Quando a opacificação é muito densa, o prejuízo à visão é grande e a capsulotomia se torna necessária.

 

Qual o objetivo da capsulotomia posterior?

Ao abrir a região posterior da cápsula do cristalino, cria-se um rasgão na superfície dessa estrutura que permite a passagem da luz, restaurando a visão naquele olho.

 

Essa cirurgia dói?

Não, todo os procedimentos da capsulotomia posterior são indolores. Apesar disso, é comum o uso de um anestésico tópico (um colírio em gotas) minutos antes do procedimento.

 

É necessário ficar internado?

Não, por ser um procedimento simples, a capsulotomia posterior com YAG-laser pode ser feita em regime ambulatorial, o que significa que basta ir ao consultório do cirurgião com horário marcado, realizar a cirurgia e, então, retornar para casa junto de um acompanhante.

No caso de crianças pequenas, no entanto, pode ser necessário a internação e o uso de anestesia geral.

 

Quais os riscos da cirurgia?

A principal complicação da cirurgia é o aumento da pressão intraocular nas primeiras horas após o procedimento. Para evitar esse risco, é comum que o médico prescreva o uso de colírios que reduzem a pressão no olho.

Além disso, outras complicações mais raras são edema macular, danos à estrutura da lente, edema de córnea e descolamento de retina.

 

Por que você deve procurar por um bom especialista

É necessário analisar a reputação e experiência do médico responsável que realizará o procedimento, afinal a a capsulotomia posterior com YAG-laser ainda pode trazer riscos e complicações pós-operatórias, por vezes decorridas de uma operação mal executada.

Para encontrar um oftalmologista bem conceituado busque referências, pesquise, veja as avaliações de outros pacientes, observe o currículo e a especialidade do profissional.

O mesmo cuidado vale na hora de escolher uma clínica. Analise indicações e depoimentos de pessoas que já fizeram tratamentos no local, veja a reputação da instituição, conheça o corpo clínico, o nível de especialização e o histórico profissional dos médicos.

Vale, também, frisar que saúde deve ser sempre uma prioridade, ainda mais quando nos referimos ao sentido mais importante do corpo humano. Lembre-se: sua saúde vem em primeiro lugar!

 

Tratamento com a Clínica de Oftalmologia Integrada

Na Clínica de Oftalmologia Integrada, o tratamento é feito com tecnologia de última geração. A instituição conta com corpo clínico altamente qualificado, equipamentos modernos, centro cirúrgico próprio e muito bem estruturado.

Nela, você é tratado com respeito, humanidade e excelência no atendimento. Todos os profissionais estão preparados para examinar, diagnosticar e cuidar de qualquer problema oftalmológico, sempre priorizando o bem-estar do paciente.

Não adie mais os cuidados com a saúde dos seus olhos. Seja para realizar a capsulotomia posterior com YAG-laser, seja para tratar qualquer outro problema oftalmológico, busque acompanhamento especializado e melhore a sua qualidade de vida.
__

Então, gostou do nosso conteúdo? Você ainda pode baixar o e-Book Guia Definitivo da Cirurgia de Catarata gratuitamente, e acabar com todas as dúvidas que você possui referentes à doença e a este procedimento.

 
banner pré consulta catarata

 
Se você está localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro e tem alguns dos sintomas que comentamos ao longo texto ou simplesmente gostaria de marcar uma consulta de rotina, agende um horário com a COI pelo site e tenha um diagnóstico completo feito por nossos especialistas. Agende agora mesmo!

Guilherme Quinellato
Especialista em cirurgia de catarata e ceratocone
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.

Posts Relacionados