Qual é o preço da cirurgia de catarata?

A catarata é uma condição bastante comum na população brasileira e mundial. De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, no Brasil a incidência é de aproximadamente 120 mil novos casos por ano.

Esse é um quadro que acontece naturalmente no organismo a partir do envelhecimento e principalmente depois dos 60 anos, mas também pode ter causas congênitas. A partir do momento que se torna sintomática, a cirurgia é indicada.

O procedimento é muito importante no que diz respeito ao aumento da qualidade e da expectativa de vida, e é importante que um acompanhamento médico de excelência se estabeleça para que a cirurgia seja realizada no momento certo.

Muitos pacientes têm dúvidas sobre o preço da cirurgia de catarata e o que influencia esse valor. Pensando nisso, elaboramos um conteúdo completo sobre o assunto. Continue a leitura e tire suas dúvidas!

Qual é o preço da cirurgia de catarata?

Considerando todos os custos com honorários médicos, a taxa de utilização da sala no centro cirúrgico, o procedimento de anestesia e a importação da lente intraocular, o preço da cirurgia de catarata costuma custar a partir de R$ 4.500.

Por ser uma das técnicas cirúrgicas mais realizadas no mundo, ela tem se desenvolvido consideravelmente e apresenta elevada segurança, precisão e previsibilidade de resultados, sendo uma ótima opção de tratamento.

Quais fatores podem influenciar no preço da cirurgia de catarata?

O valor do procedimento varia de acordo com o tipo da lente intraocular que vai ser utilizado, sendo que a escolha é feita conforme a necessidade e a finalidade da cirurgia. Basicamente, existem dois tipos de lente:

Lente bifocal

É empregada para solucionar os problemas de visão para perto e para longe, e algumas vezes ainda pode deixar o paciente dependente do uso de óculos.

Lente multifocal

Garante mais conforto visual para o paciente, pois são lentes de alta tecnologia que permitem solucionar os problemas de visão para perto, intermediários e para longe. Na maioria das vezes deixa o paciente independente do uso de óculos.

Para a correção da catarata, é possível também utilizar óculos, mas é importante ressaltar que essa é uma decisão que não depende somente das preferências do paciente e do médico. É preciso avaliar adequadamente o estágio da doença e os sintomas que a pessoa apresenta para adotar a conduta apropriada.

É possível realizar o procedimento pelo SUS?

Em 2004, a Política Nacional de Cirurgias Eletivas foi implementada pelo Ministério da Saúde com o objetivo de aumentar a disponibilidade de determinados procedimentos no país, entre eles, a cirurgia de catarata.

A iniciativa foi importante para a ampliação do número de cirurgias no Brasil, uma vez que o impacto social da cegueira é uma importante questão a ser considerada. Entretanto, o tempo de espera para a realização do procedimento pode ser grande.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou em 2017 um levantamento com dados relativos ao número de pacientes na lista de espera da cirurgia de catarata. De acordo com o Conselho, 113.185 pacientes aguardam na fila em todo o país.

Para ter acesso à cirurgia, é necessário ter o cartão do SUS e fazer o requerimento por meio de um médico. Com a solicitação em mãos, deve-se agendar o procedimento em um posto de saúde e aguardar na lista de espera.

Nesse ponto, é fundamental avaliar os riscos e o comprometimento da visão do indivíduo, pois a diminuição progressiva da acuidade visual pode prejudicar a execução de tarefas cotidianas, além de aumentar as chances de acidentes no dia a dia.

Onde realizar a cirurgia de catarata?

É imprescindível procurar um centro cirúrgico que transmita confiança e apresente instalações e infraestrutura adequadas, além de uma equipe médica qualificada, com especializações em centro de referência em oftalmologia.

Hoje é possível consultar o histórico de profissionais facilmente por meio da internet, e isso pode fazer toda a diferença no tratamento e no resultado das intervenções.

Procure se inteirar, portanto, da qualificação médica, mas tente marcar uma consulta para conhecer os profissionais e a maneira como a clínica proporciona o atendimento. Em todas as áreas da saúde, é essencial usufruir de uma assistência humana, individualizada e que procure respeitar as necessidades e peculiaridades de cada pessoa.

Como é o pós-operatório da cirurgia de catarata?

Alguns cuidados devem ser tomados durante o período pós-cirúrgico, e o ideal é seguir à risca as recomendações médicas — de modo a evitar quaisquer complicações inesperadas.

A recuperação e a melhoria da acuidade visual é bastante rápida, mas é fato que cada paciente é diferente e requer orientações específicas. Por esses motivos, é muito importante conversar abertamente antes do procedimento.

Procure tirar todas as dúvidas com a equipe responsável pela cirurgia de catarata e como proceder no período subsequente. A alta é concedida no mesmo dia e normalmente o paciente pode sentir uma sensibilidade maior à luz e enxergar as cores mais vibrantes.

Além disso, é possível que a pessoa enxergue os objetos com determinado ofuscamento e veja reflexos luminosos em consequência da adaptação da lente intraocular.

A seguir, separamos os cuidados essenciais a serem tomados:

  • utilize corretamente os colírios prescritos pelo médico, respeitando a periodicidade indicada;
  • interrompa o uso de maquiagem;
  • use o tampão no primeiro dia para evitar possíveis processos inflamatórios;
  • repouse e atente-se à posição da cabeça ao dormir;
  • evite realizar atividades físicas nos primeiros dias
  • não frequente ambientes com muita poeira e ciscos;
  • lave o rosto com cautela ao tomar banho, evitando o contato com espuma;
  • evite coçar ou friccionar o olho operado;
  • não tome banhos de imersão (mar, piscina, banheira).

Por fim, considere marcar uma consulta com o oftalmologista se notar quaisquer alterações ou incômodos como dor, secreção ou vermelhidão.

Como podemos perceber, a intervenção cirúrgica e o pós-operatório são relativamente simples, e a relação construída com o oftalmologista e a equipe de saúde são fatores determinantes no sucesso da cirurgia. Além disso, cuidar da saúde dos olhos é fundamental tanto para o bem-estar quanto para a promoção da qualidade de vida.

Gostou de saber mais sobre o preço da cirurgia de catarata, como realizar o procedimento e os principais cuidados no pós-operatório? Que tal entrar em contato conosco e entender melhor os detalhes e as condições dos procedimentos disponíveis? Será um prazer tirar todas as suas dúvidas!

Guilherme Quinellato
Especialista em cirurgia de catarata e ceratocone
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área,
clique aqui.

Posts Relacionados